Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária

Governadores unificam política de defesa agropecuária dos estados

Foto: Divulgação/Assessoria

Os governadores dos quatro estados que integram o Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) assinaram, nesta quarta-feira (8), a resolução sobre o projeto de lei que autoriza a equivalência dos serviços estaduais de inspeção de produtos de origem animal entre os membros do consórcio. A assinatura aconteceu durante o Show Rural, em Cascavel (PR). 

A equivalência dos serviços estaduais de inspeção de produtos de origem animal deve uniformizar os procedimentos adotados em Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O projeto de lei, que será enviado aos poderes legislativos dos estados, permitirá o reconhecimento bilateral na fiscalização de produtos de origem animal. No escopo do projeto consta a especificação de que os serviços serão realizados por meio de servidores estaduais e empresas especificamente credenciadas para essa finalidade.

“Temos um mercado aberto onde a demanda deve dobrar nos próximos 50 anos, e quem é que pode assumir isso? Nós podemos ocupar esse mercado se tivermos uma integração nas políticas públicas, normas estáveis  que forneçam segurança jurídica para atrair empresários “, disse Reinaldo Azambuja.

Segundo o secretario de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Mendes Lamas, o objetivo da equivalência na inspeção é a livre circulação de produtos de origem animal sem qualquer obstáculo e ainda assegurar ao consumidor um produto de qualidade.

Lamas também explicou que o regramento alcança todos os produtos de origem animal (carnes bovinas e suínas, queijos, doce de leite, embutidos no geral etc). Ele ainda lembrou que o assunto já vem sendo debatido há um longo tempo e já atingiu um grau de maturidade, que permitiu aos governos assinarem a resolução. “Tem uns três ou quatros anos que existe essa expectativa dentro do nicho produtivo. Isso vem sendo discutido, e temos aparado as arestas, porque cada estado tem suas peculiaridades que têm que ser consideradas. Felizmente nós chegamos a um denominador comum”, finalizou.

O Codesul – que tem como premissa o desenvolvimento econômico e social da região sul do país além da busca por alternativas aos desequilíbrios regionais – colocou o tema em discussão nas Assembleias porque reconhece a importância da cadeia de produção de produtos agropecuários, da industrialização, de agregação de valor e da oferta de produtos de origem animal e, ainda, o impacto econômico que a medida pode significar.

Inspeção e Fiscalização

O trabalho de inspeção é uma atividade privativa de profissionais habilitados em medicina veterinária, pautado na execução das normas regulamentares e procedimentos técnicos sobre os produtos de origem animal e relacionados aos processos e sistemas de controle industriais ou artesanais, nas etapas de recebimento, manipulação, transformação, elaboração, preparo, conservação, acondicionamento, embalagem, depósito, rotulagem e trânsito, podendo ser realizada por inspetores públicos ou privados sob credenciamento e fiscalização do órgão oficial de defesa agropecuária.

A fiscalização da inspeção é a ação direta, privativa e não delegável dos órgãos do poder público, efetuada por servidores públicos com poder de polícia, para a verificação do cumprimento das determinações da legislação específica e dispositivos regulamentares, devendo obrigatoriamente ser realizada por funcionário público médico veterinário concursado.

Nos Estados de Santa Catarina e Paraná, a atividade de inspeção está estruturada por meio de empresas credenciadas pelo Serviço Público, especificamente para essa finalidade.

A reunião do Codesul tratou de outros importantes temas, como a homologação do capital do BRDE e a aprovação do seu orçamento para 2017 além da divulgação da flexibilização das condições de crédito ao Estado de Mato Grosso do Sul. O encontro contou com a Manifestação do Presidente da ZICOSUR (Zona de Integração do Centro-Oeste Sul Americano) e Governador da Província de Tucumán, Juan Luis Mansur. 

Os governadores também conversaram sobre a necessidade de o Governo Federal implantar uma nova ferrovia entre Maracaju, no Mato Grosso do Sul, até o Porto de Paranaguá, no Paraná. 

FONTE

MS Notícias


Exibições: 42

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária para adicionar comentários!

Entrar em Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária

Instituições

Apoio

Parceria

Resultado de imagem para Fundação Christiano Ottoni

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

© 2018   Criado por Inovadefesa.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço